Destaque Esportes
Publicado em 20/03/2018 às 11:04 - Autor:

Coritiba terá diante do Cascavel ‘teste’ final antes das decisões do ano

sandro-forner-tera-tempo-para-trabalhar-no-coritiba-825x550
Coxa cumpre tabela diante da Serpente e depois terá pouco mais de uma semana para apenas treinar antes da final do Paranaense e do início da Série B.

Em fase de experimentos no período que antecede a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba terá a última oportunidade de testar jogadores para a continuidade da temporada. Isto porque o Coxa entra em campo amanhã, às 21h45, diante do Cascavel, no Estádio Olímpico Regional, já sem aspirar mais nada na Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense. Depois dessa última rodada, o Verdão terá mais dez dias até o primeiro duelo da decisão do Estadual.

Período raro para o técnico Sandro Forner neste começo de ano. O treinador nunca escondeu que a falta de tempo para treinar atrapalhou o desempenho do time até agora. O comandante alviverde, depois da vitória por 1×0 sobre o Cianorte, no último sábado, no Couto Pereira, desabafou diante da pressão sofrida à frente da equipe.

 “Estamos sem tempo para treinar há quanto tempo? No sábado é o dia que os jogadores estão mais cansados. A gente não consegue treinar, é impossível. Se eu treinar, os caras não aguentam jogar. É difícil. Há quanto tempo a gente treina pouco? Infelizmente não tem esse tempo. As outras equipes têm tempo, folga ou jogam com duas equipes. Nós não temos tempo e temos outros problemas, pressão, nenhum jogador serve, parte emocional”, disparou Forner.

Depois desse jogo contra o Cascavel, o Coritiba terá pela frente os dois jogos da final do Campeonato Paranaense e, na sequência, o início da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, no dia 14 de abril. O comandante alviverde destacou a importância de ter esse tempo a mais para treinar visando a sequência do trabalho. Serão muitas decisões a partir de agora, além do início da Série B, que é o principal objetivo do clube na temporada.

“Não tem tempo. Depois do jogo contra o Cascavel vamos ter oito dias. Temos que tentar melhorar neste período em todos os aspectos”, enfatizou ele.

Além do pouco tempo para treinar e de ter um elenco sem muitas opções de qualidade, Sandro Forner ainda não pode contar com todo o grupo. Os zagueiros Thalisson Kelven e Alex Alves, o lateral-esquerdo William Matheus, o volante Vitor Carvalho e o atacante Kléber estão no departamento médico. Destes, apenas Alex Alves não é considerado titular.

Isso também explica um pouco da dificuldade enfrentada pelo Coxa neste segundo turno do Campeonato Paranaense. O time coxa-branca, com uma vitória em quatro jogos, não emplacou uma boa atuação sequer na segunda parte do Estadual. Prova concreta de que o elenco precisa ser reforçado para a continuidade da temporada, sobretudo para que o clube consiga brigar pelo acesso à primeira divisão.

Fonte: A Tribuna/Foto: Albari Rosa

Comentários